builderall

 

 

empreendedorismo feminino vsm contabilidade

 

Não há dúvidas de que a mulher é empreendedora por natureza. Além de trabalhar e contribuir para o sustento da família, na maior parte das vezes é ela quem cuida da casa, dos filhos e do marido, emendando uma segunda jornada de muito trabalho. Temos lutado muito para mudar isso, mas infelizmente é o que ainda acontece na maioria dos lares brasileiros.


A boa notícia é que o empreendedorismo feminino está cada vez mais forte aqui no Brasil. Maior autoridade quando o assunto é empreendedorismo, o Sebrae divulgou o Relatório Especial Empreendedorismo Feminino no Brasil (dados de março de 2019) mostrando que o Brasil é o 7ș país do mundo com o maior número de mulheres empreendedoras. Um show!


O Brasil conta, hoje, com algo em torno de 52 milhões de empreendedores, e desse total 41% são compostos por mulheres, em sua maioria entre 18 e 41 anos. Os principais negócios tocados por mulheres são da área de moda, beleza, alimentação e atividades jurídicas e contábeis (da qual com muito orgulho me encaixo). Empresários homens ainda são maioria, mas estamos muito perto de alcançá-los, não é verdade?


As oportunidades do empreendedorismo feminino


São muitas as oportunidades, e o que a gente mais vê são mulheres que já realizavam uma determinada atividade para complementar a renda familiar e acabam por legalizar e se dedicar integralmente ao negócio, alcançando sucesso e satisfação profissional.


Mulheres que dão consultoria nos mais diferentes segmentos, que fazem bolos e doces, refeições, serviços de beleza, vendedoras natas e muitos outros exemplos ilustram o empreendedorismo feminino. Construir um negócio de sucesso depende fundamentalmente de muito, mas muito trabalho e dedicação. Mas quais são as 10 dicas valiosas para começar com o pé direito?

 

10 dicas valiosas para começar a empreender com o pé direito


1- Descubra qual o seu talento que pode render um bom negócio. Você é uma excelente cozinheira? Tem muito jeito para vendas? Tem amor pelos pets? Descubra o que faz muito bem profissionalmente.


2- Por que quer empreender? Tenha um objetivo em mente, uma meta a perseguir.


3- Estude sobre o mercado onde vai atuar. Conheça a concorrência, o público-alvo, as dores e os problemas do seu nicho de mercado.


4- Capacite-se. Quanto mais, melhor! E sempre!


5- Faça um plano de negócios para construir seu negócio. Ou seja, planeje o seu negócio.


6- A imagem faz toda a diferença. Trabalhe a imagem do seu negócio. Crie uma identidade visual bacana e saiba como vender o seu negócio (crie um discurso).


7- Se precisar, peça ajuda para seu companheiro, seus familiares e amigos. Mas não abra mão de seus ideais. Não perca o foco, mas uma ajuda pode ser bem-vinda.


8- Não pense que todos vão aprovar o seu ímpeto empreendedor. Você poderá ser criticada, e isso é normal na vida. Não se abata nunca!


9- Todo negócio precisa de investimentos mínimos para acontecerem, por menores que sejam. Você pode ? e deve ? começar pequena. Não dê um passo maior do que suas pernas permitem.


10- Participe de redes de empreendedorismo feminino. Troque ideias com outras amigas empreendedoras. Uma ajuda a outra, todas de mãos dadas.


Eu tenho certeza de que você será capaz de empreender com sucesso! E se precisar de ajuda, pode contar comigo!

 

 

My Image

Vânia Trindade, é Founder & CEO na VSM Gestão Contábil e Empresarial, onde atua nas áreas Contábil, Gerencial, Custos, Controladoria e Gestão de Tributos. Colunista do blog Donadelas.
@vaniavsm